Os desafios da fatura eletrônica internacional

Os desafios da fatura eletrônica internacional

23/05/2017

A globalização, a expansão dos mercados e as mudanças legislativas por todo o mundo permitem que as empresas estejam mais conectadas, cumpram requerimentos de comunicações seguras e confiáveis, e possam operar processos de faturação eletrônica em qualquer parte do mundo.

Soma-se a isso processos de faturação eletrônica obrigatórios em quase todas as regiões do globo. A última análise do estudo de E-Invoicing / E-Billing International Market Overview & Forecast estima um incremento da faturação eletrônica de 13% para as empresas e setor público. No caso do segmento B2C, o aumento pode chegar a 12%.

A fatura eletrônica (nota fiscal eletrônica no Brasil) é um sistema que, entre outros aspectos, melhora o controle fiscal, incrementa a economia de custos, reduz o uso do papel e agiliza os procedimentos internos nas empresas. Na América Latina já é obrigatória na maioria dos países, tanto para o âmbito B2G como para B2B. Os Estados Unidos preveem começar um projeto para 2018, na União Europeia a fatura eletrônica com a Administração Pública já é obrigatória em muitos países. Em 2017, duas regiões que até agora se haviam mantido mais à margem dessa tecnologia começarão a incrementar um volume de transações: América do Norte e Ásia-Pacífico. Conheça a implementação da fatura eletrônica em vários países do mundo ao detalhe.

Como operar a nível global em projetos de fatura eletrônica?

É, precisamente, a variedade de governos e legislações o que gera que existam e convivam uma multiplicidade de modelos e sistemas de implementação de fatura eletrônica. Aqui é onde as empresas se encontram com os principais desafios. Um projeto internacional de processos de fatura eletrônica a nível internacional apresenta desafios tanto a nível técnico como de interconectividade.

A nível técnico, há que se ter em conta a legislação nacional e os requerimentos de validação e certificação das autoridades tributárias. Se trata de fatores como os trâmites prévios que se devem cumprir pelas empresas, a variedade de formatos permitidos, os controles fiscais implementados, a assinatura eletrônica e a conservação de documentos.

A nível de interconectividade, as empresas precisam de conexões seguras e fidedignas com os organismos públicos e outras empresas. Existe também uma multiplicidade de maneiras de conectar eletronicamente, o que se faz necessária uma infraestrutura de comunicações interoperáveis com um fornecedor de serviços que garanta uma conexão eficiente e que respeite controles estritos de segurança.

Um fornecedor único com uma plataforma global

Apesar dos obstáculos, as empresas são conscientes da necessidade de contar com um processo automático para processar e gestionar um projeto de fatura eletrônica global. Para facilitar esses trâmites e ajudar as empresas a gestionar um sistema de fatura eletrônica automática e integrada é necessário contar com um fornecedor global e confiável.

A Edicom presta seus serviços de faturação eletrônica entre empresas de todo o mundo. Desde uma única plataforma, poderá conectar com qualquer empresa e trocar documentos fiscais e comerciais cumprindo com as normativas nacionais.

International e-Invoicing

Plataforma e-Invoicing

Uma única solução que permite emitir Fatura Eletrônica em qualquer país do mundo

Confira as últimas novidades em ...

Recursos

A Fatura Eletrônica na América Latina
Este ebook apresenta os pontos principais sobre as faturas eletrônicas na América Latina.